terça-feira, 12 de setembro de 2017

Nova delimitação do semiárido Brasileiro (2017).

Nova Resolução nº 107/2017, publicada pelo MI, por intermédio do Conselho Deliberativo da Sudene, em 27 de julho de 2017, que estabeleceu novos critérios técnicos e científicos para delimitação do Semiárido brasileiro, bem como procedimentos para revisão de sua abrangência.

A região passou a contar com um total de 1.189 municípios, tendo sido acrescentados mais 54, oriundos dos estados do Piauí (36), Ceará (15) e Bahia (3). Conforme o Art. 2º da nova Resolução os seguintes critérios técnicos e científicos delimitam o Semiárido brasileiro: I – Precipitação pluviométrica média anual igual ou inferior a 800 mm; II – Índice de Aridez de Thorntwaite igual ou inferior a 0,50; III – Percentual diário de déficit hídrico igual ou superior a 60%, considerando todos os dias do ano.

Link da Resolução 107-2017, que delimita a nova espacialidade do semiárido  brasileiro


quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Variabilidade das chuvas no mês de Janeiro, no Distrito Federal (1981-2010)

O Distrito Federal é uma parte politicamente e economicamente importante do Brasil, que sofre do estresse hídrico. As análises exploratórias foram realizadas com dados sobre a precipitação no Distrito Federal com base em uma série de 30 anos (1981-2010). Esse banco de dados foi utilizado como base em 19 modelos de espacialização de  chuva. As análises exploratórias resultantes mostram um gradiente de aumento Chuva no sentido oeste no Distrito Federal. Além disso, as séries temporais mostram uma moderada variabilidade interanual no volume de precipitação, que é, no entanto, de natureza estacionária.
Acesse o artigo: file:///C:/Users/Usuario/Downloads/climate-05-00068.pdf


terça-feira, 29 de agosto de 2017

Anais do 6 ICUC


Curso de Sky View Factor - Bioclima-UFV

Bom dia, Galera.
O Bioclima vem disponibilizar as imagens dos participantes e dos momentos do curso de SVF, no dia 28/8/2017, realizado no prédio do DGE.
















II Seminário de Geografia e Clima da UFV (28/8/2017).

Primeira Palestra

Professora Núbya Beray Armonod -
Palestra: Análise Geográfica Regional do Estado do Rio de Janeiro.

Professora Núbya Beray Armond (Professora da UERJ), no II Seminário Geografia e Clima - UFV.
Professora Núbya Beray Armond (Professora da UERJ), no II Seminário Geografia e Clima - UFV





  

 

 
 






Palestrantes e a Galera do Bioclima UFV
  

Segunda Palestra do Dia.
Professor Antonio Carlos (UERJ).
Palestra: As escalas territoriais da Gestão das mudanças do clima.















sábado, 26 de agosto de 2017

Revista Geouerj, n. 30, 2017



ARTIGOS
DINÂMICA SAZONAL DE REMANESCENTES DA MATA ATLÂNTICA, A PARTIR DE SÉRIES TEMPORAIS NDVI/MODIS PDF
Letícia Celise Ballejo da Costa, Laurindo Antonio Guasselli

O PROCESSO DE TURISTIFICAÇÃO DO ESPAÇO EM SANTUÁRIOS E EVENTOS CATÓLICOS: UMA ANÁLISE SOBRE O CÍRIO DE NAZARÉ EM BELÉM-PA PDF
Debora Rodrigues de Oliveira Serra

MONITORAMENTO AUTOMATIZADO DO ESCOAMENTO SUPERFICIAL EM PARCELA EXPERIMENTAL INSTALADA EM TALUDE DE CORTE PDF
Hugo Portocarrero, Aluísio Granato de Andrade, Tácio Mauro Pereira de Campos

ANÁLISE DA DINÂMICA DE PASTAGEM NO PANTANAL DE CÁCERES/MT PDF
Helibera Capistrano Aquino, Edinéia Aparecida dos Santos Galvanin, Sandra Mara Alves da Silva Neves, Diego de Lima Nascimento

O ASPECTO SIMBÓLICO NA RELAÇÃO DO HOMEM COM A TERRA PDF
Bárbara Helenni Gebara Santin

POTENCIAL PEDOCLIMÁTICO DO ESTADO DA PARAÍBA PARA A CULTURA DA CANA DE AÇÚCAR (SACCHARUM SPP) PDF
Paulo Roberto Megna Francisco, Djail Santos, Eduardo Rodrigues Viana de Lima

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE INFILTRAÇÃO RELATIVO DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS DO RIO ANIL E DO RIO GRANDE (MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO) PDF
Paulo Walter Freire do Nascimento, Paula Benedetto de Carvalho, Vivian Castilho da Costa

ANÁLISE AMBIENTAL DA TRILHA SAHY-RUBIÃO NO PARQUE ESTADUAL CUNHAMBEBE EM MANGARATIBA (RJ) POR MEIO DE UM PROTOCOLO DE AVALIAÇÃO RÁPIDA PDF
Luana de Almeida Rangel, Rosangela Garrido Machado Botelho

DOS PCNS A BNCC: O ENSINO DE GEOGRAFIA SOB O DOMÍNIO NEOLIBERAL PDF
Eduardo Donizeti Girotto

IMPACTO DE LOS EVENTOS HIDROMETEOROLÓGICOS EN COSTA RICA, PERIODO 2000-2015 PDF (ESPAÑOL)
Daniela Campos Durán, Adolfo Quesada Román

COUNTRY AND CITY: TOURISM AS A SOCIO-SPATIAL EXPRESSION OF A HYBRID RELATIONSHIP IN STATES OF PARAÍBA AND RIO DE JANEIRO, BRAZIL PDF (ENGLISH)
José Silvan Borborema Araújo, Glaucio José Marafon


Revista Geografias (UFMG), n. 23, 2017


Artigos

Agentes produtores do espaço na Serra do Cipó (MG): um breve paralelo
Guilherme Augusto Pereira Malta, Maria Flávia Pires Barbosa, Solano de Souza Braga, Bernardo Machado Gontijo


O não-moderno e a dialética na crise da modernidade: Uma visão sobre a perspectiva urbana de Lefebvre
Victor Augusto Campos Alves

Os lugares da festa: narrativas de espaço, tempo e etnicidade no Congado mineiro
Patrício Pereira Alves de Sousa

Análise da precipitação e eventos extremos em região semiárida: o caso da sub-bacia hidrográfica do Rio Figueiredo, Ceará - Brasil
Bárbara Maria de Almeida Maia, Flávio Rodrigues do Nascimento, Francisco Sérgio de Almeida Pinheiro

Análise multitemporal dos estágios de desenvolvimento da atividade turística e das mudanças no uso e ocupação do solo do distrito de Monte Verde (MG)
Laura M. G. Salles Bachi, Marcos Antonio Timbó Elmiro

89-105